Pronto! Finalmente consegui arrumar um pouco de tempo para escrever um pouco mais sobre a minha experiência durante o Ubuntu Developer Summit na California. O fato que eu fiquei 1 semana fora do meu novo trabalho dificultou o meu retorno, e acabei atolado até o pescoço de projetos pendentes. Mas vamos ao que interessa:

Umas das maiores atraçoes, depois da apresentação do Beryl, foi a apresentação do One Laptop Per Child (OLPC) pelo Ivan Krstić. Foram muitas fotos tiradas e muitas pessoas que queriam “brincar” no protótipo apresentado,

Ivan and John with the OLPC

Uma coisa que foi comentada durante a apresentação foi a falta de localização (diga-se tradução) e acessibilidade no projeto. Imediatamente entrei em contato com o Ivan, amigo de outras convenções, e me disponibilizei para ajudar na parte de localização. O laptop é muito bonitinho, e com certeza vai trazer muita alegria à qualquer criança! Descobri que as “orelhas” do laptop são na verdade antenas de wi-fi. ;)

OLPC

Outra coisa que deixou todos boqueabertos foi a qualidade da comida servida de graça nos refeitorios da Google, mas vocês sabiam que também tem um “mercado” com doces, balas, cereal, café, chiclete, e tudo quanto é coisa para alegrar a vida de qualquer pessoa? Fora os arcades que ficam do lado de fora dos refeitorios, com jogos clássicos como PacMan e Pitfall!

Vintage arcade near the cafeteria at Google

A responsável por nosso “bem estar” foi a fantástica Leslie (a ruivinha da foto, ao lado da Melissa Drapper), que nos empanturrou de tanta comida e bebida.

Antoine, me, Leslie, and Melissa

A grande parte do tempo eu ficava junto ao pessoal do LoCo Teams: Jono, Joey, Melissa, Mark, entre outros. As discussões eram sempre muito produtivas e o Jono me impressionou muito em seu papel de líder dos LoCo Teams! O Joey foi uma das grandes revelações para mim, e espero muito poder vê-lo novamente no próximo Summit, que será realizado na Espanha.

Jono and I

Quando eu não estava com eles, eu estava com o pessoal do Ubuntu Studio: Joe, Antoine, e Cory que mora perto de onde eu moro.

The Ubuntu Studio gang: Joe, Antoine, and Cory

O Joe é o líder e responsável pelo projeto Fluxbuntu, uma versão mais “leve” do Ubuntu. Durante os 7 dias que fiquei na California, acabei desenvolvendo a minha própria versão com o OpenBox como meu ambiente padrão, graças à influência do Joe! O Antoine é um cara super gente fina, e aprendi muito sobre música com ele, principalmente porque ele também faz parte de uma banda e, conforme ele, já tem até fã clube. ;) Também tive a oportunidade de rever uma amiga de New Jersey dos tempos que eu trabalhava na BD, companhia farmacêutica. Ela tinha se mudado para San José, e aproveitamos para colocar os assuntos em dia. Fomos jantar 2 vezes em restaurantes de comida da Malásia e Filipina, sempre regadas com cervejas (não tinha cerveja belga, então foi com Samuel Adams mesmo, que por ser feita em Boston, tem uma boa influência irlandesa).

Outro sucesso foi um vídeo enviado pelo pessoal do Mubuntu, grupo brasileiro trabalhando em uma distribuição especializada em multimídia, bem parecida com o UbuntuStudio, mas com uma grande diferença: todos os codecs de multímida que você precisa são incluídos no mubuntu, enquanto que devido às leis de patentes de software americanas, não são incluídas no UbuntuStudio. Aparentemente o pessoal do Mubuntu não conseguiu obter os vistos de entrada nos Estados Unidos e portanto não puderam comparecer. Em vez de ficarem sem fazer nada, eles criaram um vídeo (infelizmente n’ao consigo achar o danado na internet!) muito bacana, e a platéia inteira não desgrudou os olhos um só segundo durante os 30 +/- minutos do vídeo! No finalzinho eles fizeram um convite ao Mark Shuttleworth para que o próximo Summit seja feito no Brasil, para delírio total da galera! Mark disse que como o próximo Summit será na Espanha, o convite será propriamente estudado para o seguinte Summit!

Mark and I

O último dia foi marcado por um jantar muito bom para mais de 80 convidados em um restaurante italiano no centro de Mountain View. Como eramos muitos, tivemos de esperar um pouco antes que o restaurante pudesse nos acomodar. Fomos então à um pub ao lado e depois de algumas cervas bem geladas, o descontraimento foi geral! Até mesmo algumas das pessoas mais reservadas se “soltaram” e o clima ficou super divertido. O jantar em si foi completo, com direito a entrada, prato principal, sobremesa, e muito, mas muito vinho! Se o clima já estava festivo, imagine então depois. Na foto abaixo estou com o Mark (conhecido como “the Belgian Stalker”) e o Mirco, gente finíssima! Depois do jantar, quando uma grande maioria dos convidados foi embora, juntei-me ao Mark, Ronald “Ubuntu Daemon”, entre outros e fomos tomar a “saideira”.

Mark, Mirco, and I

Foram muitas coisas que aconteceram durante os 7 dias do evento, e muitos foram os contatos e novas amizades que fiz. A experiência de poder falar com a equipe do Rosetta e Launchpad diretamente toda vez que eu precisava de uma informação foi muito legal, e ver o Michael Voight e Daniel Holbach ajudando o meu novo amigo Antoine a arrumar um problema no K3D enquanto comíamos comida chinesa no lobby do hotel foi sensacional! Tenho certeza que me esqueci de mencionar alguns outros eventos, mas depois de tantos acontecimentos, creio que posso ter um desconto, não? ;)


Comments

comments powered by Disqus