Quando fiquei sabendo sobre o projeto Texto Livre, a primeira coisa que passou pela minha cabeça foi utilizá-lo para melhorar (e até mesmo acelerar) o processo de documentação dos projetos GNOME e Ubuntu Brasil!

O projeto Texto Livre é um grupo de suporte à documentação em software livre que tem como principais objetivos prover suporte lingüístico à documentação e iniciar estudantes universitários no mundo do software livre como ferramentas de pesquisa.

Apesar de ainda não saber sobre os detalhes, a idéia é manter um sistema de documentação, onde os grupos interessados enviam um pedido de assistência (via um “ticket”), indicando quais manuais ou documentos devem ser traduzidos/documentados. À medida que o trabalho é executado, a equipe responsável é notificada por e-mail sobre o progresso. Para uma explicação mais detalhada, vale a pena checar esta página.

Usando o projeto GNOME Brasil como referência, as estatísticas sobre o status de tradução dos manuais de aplicativos instalados por padrão na maioria das distribuições GNU/Linux mostram que somente 17% foi traduzido. Como o trabalho é efetuado por voluntários, fica realmente difícil de manter um progresso estável e contínuo. Entra então o projeto Texto Livre!

Imagine vários estudantes de nível universitário, trabalhando nestes documentos todos os dias, como parte de seu corrículo!!!

De qualquer forma, caso você esteja em Porto Alegre durante o FISL, não deixe de prestigiar o pessoal do Texto Livre, e converse também com os representantes das distribuições de GNU/Linux presentes para aprender um pouco mais sobre software livre e seus benefícios!


Comments

comments powered by Disqus