Cheguei em North Carolina na terça-feira pela manhã e fui apanhado por minha irmã.  Assim que saimos do aeroporto, fomos rumo àcidade de Durham onde fica o campus da Duke University.  A viagem foi bem curta e sem muitas dificuldades descobri o prédio onde eu teria uma entrevista na quarta-feira pela manhã.  O resto do dia fiquei andando pelo campus da Universidade de North Carolina (UNC) esperando por minha irmã terminar suas classes.  Minha procura (online) por trabalhos não foi muito produtiva e resolvi tentar novamente no dia seguinte.

Na quarta-feira acordei bem cedo e fui para a Duke University.  O dia estava bem feio com uma chuvinha chata.  Cheguei super rápido e depois de perder uns 10 minutos procurando por estacionamento, entrei no prédio de ciências procurando pelo departamento de biologia celular e molecular.  A entrevista foi super rápida e infelizmente não pude “sentir” se tinha deixado uma boa impressão ou não.  Creio que o fato que as 3 pessoas me intrevistando eram todas mais jovens que eu e não souberam me perguntar nada mais que “fale sobre você por favor”.  De qualquer forma, fiz o melhor que pude e fui informado que uma decisão seria tomada até a sexta-feira da semana que vem.  Voltei para a UNC e conheci um professor que escreveu um livro sobre Perl e BioInformática!  Um dia depois ele me presenteou com uma cópia de seu livro, que eu imediatamente retribui com uma cópia do Ubuntu Dapper!  ;) Mais uma vez minha buscas online por trabalho não foram frutíferas, me deixando completamente desencorajado.  Crise existencial?  Maybe.

Quinta-feira veio e passei o dia todo na UNC procurando por trabalho e tendo conversas muito interessantes sobre a história do Brasil, perl, e bioinformática com alguns professores e amigos da minha irmã.  À noitinha arrastei minha irmã para uma reunião do grupo de usuários de Linux locais, hospedada pela Red Hat, com direito à muita pizza e refrigerante!  Houve uma palestra muito interessante sobre Linux Terminal Services, mas o mais interessante foi o calibre das pessoas  e que uma grande maioria estava se comunicando o tempo todo pelo IRC!  :)

A melhor parte de tudo foi quando conheci Daniel T Chen, também um colaborador do Ubuntu e parte da equipe Ubuntu Member.  Ficamos conversando um tempão depois da reunião, e graças a ele, fiquei sabendo de uma companhia local que está procurando por pessoas que possam trabalhar com python.  Quando cheguei em casa mandei meu CV para a companhia, mas sinceramente não pensei que iria receber nada de volta.

Grande foi a minha surpresa quando hoje pela manhã recebi um email da companhia, me perguntando sobre minhe disponibilidade para uma entrevista por telefone.  Uma hora depois, eu estava sendo entrevistado por um gerente super legal, que me explicou tudo sobre a companhia e como eles funcionavam internamente.  Pela descrição que ele me deu, e por nossa conversa mais tarde por IRC, a companhia parece ser uma mini-Google, no senso de ser super moderna e com uma atitude positiva sobre tudo e todos!  Não preciso nem dizer que estou super entusiasmado com esta companhia, e para minha felicidade, fui convidado para uma entrevista “face to face” nesta próxima quarta-feira!!!

Acontece que tenho uma segunda entrevista com aquela companhia de open source de New Jersey, o que quer dizer que eu estou voando de volta para New Jersey amanhã pela noite e voltando para North Carolina na terça à noite, logo após minha entrevista!  Nesta estória todo existem os problemas de como levar e buscar minha filha na escola, já que minha esposa trabalha o dia todo e a escola termina às 14:35.

Domingo, já em casa, estarei contactando meus amigos do Ubuntu Brasil para que possamos planejar nossas atividades e garantir que  nossos planos para o lançamento do Ubuntu Edgy em outubro estão “nos trilhos”.


Comments

comments powered by Disqus