O assunto de ontem sobre traduções do software livre Brasileiro e termos usados para descrever certos eventos efetuados pelo sistema operacional/computador , geraram algumas boas discussões na lista do LDP-BR. Muitas pessoas expressaram suas opiniões e foi muito bom ver que todos estávamos interessados nos mesmos objetivos.

Uma coisa que muite genta não sabe é que existe muitas formas de contribuir com o software livre, e nem todas elas requerem que você seja um gênio em programação! Algumas pessoas ajudam com traduções, outras com documentação, outras “embelezando” as páginas de internet, e outros dando palpites construtivos. E é sobre esta última opção que eu queria falar um pouco.

A grande maioria dos projetos de software livre possuem “canais” de comunicação entre os membros, desenvolvedores e voluntários. A mais comum de todas é a lista de discussão, um mecanismo que permite um fluxo de comunicação via e-mails, geralmente com um tópico específico. Pessoas interessadas neste tópico podem então enviar dúvidas ou sugestões e ter certeza que somente pessoas interessadas no mesmo tópico estarão lendo seus e-mails.

Existem várias listas de discussão específicas para tradutores que eu participo, mas por visar uma unificação geral do vocabulário entre as equipes Brasileiras, tenho pedido a todos que se cadastrem na lista do LDP-BR, por ser uma lista sem vínculos a equipe nenhuma e por ter sido pelos últimos anos um repositório de termos e vocabulário em Português Brasileiro.

Então, se você tem interesse em ajudar a criar um vocabulário padrão de termos técnicos para a nossa língua, ou tem alguma bronca com a tradução de algum programa, mande seu comentário para a lista do LDP-BR. Se for algo bem específico a um ambiente, como o GNOME ou KDE, estou deixando a lista deles aqui também para que vocês possam enviar e-mails diretamente a eles… e adicionei a lista do Ubuntu também, como exemplo de lista de discussão de uma distribuição. Caso alguém saiba de outras listas, eu adiciono aqui.

Agora, batam forte no peito e solte seu berro do Tarzan!


Comments

comments powered by Disqus