Depois dos vários artigos publicados sobre o lançamento da nova versão do Ubuntu, agora é a vez de falar sobre os planos para a próxima versão, agendada para abril de 2007, e o futuro das traduções em geral!

Quem me conhece sabe que sou extremamente envolvido com o projeto de traduções da Equipe de Tradutores Brasileiros do Ubuntu. Como lider dos tradutores pelos últimos 11 meses (oficialmente pelos últimos 6 ou 7), tenho um grande orgulho de ter visto nossos tradutores e colaboradores reduzirem o número de mensagens sem traduções para menos de 81,000. Nestes 11 meses, foram mais de 170,000 mensagens de inúmeros programas que foram traduzidas para o nosso bom português tupiniquim! Foram muitas horas passadas na frente do computador, organizando e administrando uma equipe formada por pessoas de tudo quanto é canto do Brasil, com uma variedade incrível de conhecimento e vocabulários próprios! Para mim, que moro nos Estados Unidos por mais de 16 anos e quase nunca escrevo em português, o desafio foi bem grande e às vezes assustador. Mas nesta jornada tive a honra e o prazer de conhecer e trabalhar com pessoas fantásticas que também compartilhavam o meu ideal de um dia poder oferecer um sistema traduzido 100% para a nossa língua!

Pelos próximos 6 meses estaremos todos ocupados, trabalhando para diminuir o número de mensagens a serem traduzidas. Estarei também pessoalmente procurando por uma forma de colaborar com as equipes de traduções mais experientes como o pessoal do Gnome Brasil, entre outras. O objetivo é eliminar a duplicação de trabalho e unificar os nossos projetos e metas, já que todos temos os mesmos objetivos. Uma outra coisa que eu tenho um interesse profundo é na colaboração com nossos irmãos lusitanos do outro lado do Atlântico. Apesar das diferenças idiomáticas, sou da opinião que é melhor começar com um produto semi-acabado do que fazer tudo do zero! Assim, se existe alguma documentação em português do Brasil que ainda não existe em português de Portugal, alguém poderia aproveitar o trabalho já feito e não re-inventar a roda!

Apesar da minha lista de objetivos ser pequena, garanto que as tarefas são de proporções Herculeanas! Para tanto, é primordial manter os canais de comunicação existentes abertos e iniciar novos canais onde ainda não existirem! Quando eu falo sobre estes assuntos, não estou falando como membro da equipe Ubuntu Brasil, mas sim como membro da gigantesca comunidade dos usuários de software livre que falam a língua portuguesa!!! Sem frescuras de “defender” distribuições ou nações!!! Sem criar obstáculos!!! Um por todos e todos por um!

Estarei preparando um mapa pessoal (road map) com as minhas idéias sobre como executar estes planos, e compartilharei com todas as pessoas interessadas no projeto aqui no meu blog inicialmente. Vamos precisar de muitas pessoas e muita, mas muita flexibilidade de todos os lados! Sugestões e comentários serão muito bem vindos!


Comments

comments powered by Disqus