Estou colando aqui o texto de um email enviado pelo meu amigo Carlos Araujo à lista de discussão, em relação à boas práticas e conduta de um tradutor ao efetuar seu trabalho na nossa comunidade.  Eu sempre quiz escrever mais ou menos isso, mas fiquei tremendamente feliz ao ver os mesmos sentimentos vindos de mais um Ubunteiro.

Carlos, com certeza você está no caminho certo!

"Ao traduzir um texto, ou palavra, necessitamos levar em conta alguns cuidados, lembrando:

  • Evitar o “informatiquês”, vibrante para o usuário familiarizado mas, extremamente anti-pedagógico para o usuário “normal”, a maioria do planeta;
  • Ter cuidado com o uso de Sssssss,vogais, verbos e demais regras da velha e boa gramática.Em caso de dúvidas, pergunte ao vizinho ou folheie um  bom livro.Ex: As conexões serão interrompid a(s)
  • É sempre bom encontrar uma palavra, ou oração inteira, representando o que enuncia, no dizer do Saussure “a boa comunicação ocorre quando o receptor compreende o que informa o emissor”.Clareza é tudo!
  • Wikis:Textos objetivos e curtos são sempre bem vindos, todavia, muitas vezes um enunciado prolixo (longo) é necessário para melhor comunicar o que se pretende enunciar, então, não sejamos económicos para encurtar a conversa, vamos privilegiar o entendimento.
  • Imaginando o que a Sonda Pioner carrega de mensagens, vamos buscar inserir sentido ao que estamos fazendo: Paixão pelo Software Livre, por compartilhar valores, do modo como fazemos quando estamos numa boa conversa, com amigos desejosos em entender a causa de tanta gente colaborar numa comunidade.É dizer, não é sobre tecnologia, software, comandos ou rotinas.É sobre pessoas.

Adelante Ubunteros e : Humanidade aos Outros”.


Comments

comments powered by Disqus